uva do japão

 

nome popular- uva do japão
nome científico-hovenia dulcis
origem-China, Coreia, Japão
 
 —DISPONÍVEL—
  —not for export—
 
fonte
foto:
texto: http://www.ecologicstation.com
Sementes são muito difíceis de germinar.
O melhoramento da viabilidade germinativa passa pelo congelamento das sementes por um período nunca inferior a 2 ou 3 dias após o que deve proceder a sua escarificação mecânica seguido de um período de 24 horas  em emerção em água recém fervida.
Semeie apenas as sementes inchadas. Para as restantes sementes repetir todo o processo de ebulição, repetindo-o tantas vezes quantas as necessárias até que todas as sementes se apresentem inchadas.  A germinação ocorrerá num período de 1 a 3 meses a temperaturas regulares de 20ºC.
 

 

+++++++++DSC02045
fonte
fotos:http://sustentacomuni.blogspot.com/2010/06/uva-do-japao.html
texto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cajueiro-japon%C3%AAs
+++++++++

Hovenia dulcis[1] é o nome científico de uma árvore caducifólia da família das ramnáceas que chega a atingir cerca de 25 metros de altura, nativa da China, Coreia e Japão. Também designada como banana-do-japão, bananinha-do-japão, caju-do-japão, caju-japonês, chico-magro, gomari, mata-fome, passa-do-japão, passa-japonesa, pau-doce, pé-de-galinha, tripa-de-galinha, uva-da-china, uva-do-japão, uva-japão, uva-japonesa e uva-paraguaia. Caracteriza-se pela sua copa globosa e de grandes dimensões. A casca é lisa ou levemente fissurada, de cor pardacenta ou cinza-escura. A folha é simples, de disposição alternada, com pecíolo curto e ovadas. A margem superior é glabra mas é levemente pubescente na margem inferior. As suas flores são esbranquiçadas, hermafroditas, de pequenas dimensões e muito numerosas. O fruto consta de cápsulas globosas com pedúnculo carnudo, doce e vermelho quando gelado. Cada cápsula contém de 2 a 4 sementes avermelhadas quando recentemente colhidas e castanhas com o passar do tempo. É utilizado como planta medicinal para tratamento da bebida excessiva de álcool. A sua madeira é apreciada. É utilizada na produção de geleia, como árvore ornamental, como quebra-vento e na consorciação com abelhas para a produção de mel.

 

 

 

 

Os comentários estão fechados.