mango, keitt

nome popular— mango, keitt
nome científico—mangífera indica
origem—sul e sudeste asiáticos desde o leste da Índia até as Filipinas
 
 —TEMPORARIAMENTE
INDISPONÍVEL—
  —NOT FOR EXPORT—
—ENXERTADAS—
 
fonte
foto:
texto:

 ‘Keitt’ teria sido produzida a partir de uma muda da Mulgoba cultivar que foi plantada na propriedade da Sra. JN Keitt em Homestead, na Flórida , em 1939. [1] No entanto, a análise genética recente sugere que  ‘Keitt’ era na verdade uma muda de Brooks , o que ajuda a explicar o seu perfil de amadurecimento e tamanho de frutos. [2] A cultivar foi selecionada e classificada em 1945, após o que rapidamente ganhou aceitação comercial pelo seu sabor, ausencia de fibra e grande produtividade. À fruta faltava cor, [3], contudo, era muito maior do que a maioria das variedades, o que fez com que tivesse tido uma boa e generalizada aceitação comercial. Ela ganhou popularidade entre os produtores domésticos da Flórida e continua a ser uma das árvores mais amplamente cultivada no estado até hoje.

Árvores ‘Keitt’ estão plantadas nas coleções do USDA repositório de germoplasma ‘s em Miami, Florida , [4] [5] da Universidade de Investigação Científica Tropical da Flórida e Centro de Educação em Homestead, [6] e do Miami-Dade Fruit and Spice Parque , [7] também em Homestead.

As árvores são produtores vigorosas, mas teimam em não atingir alturas muito para além dos 20 pés.

Tem uma baixa estrutura e larga copa que todavia não é tão compacta como a maioria das outras plantas de manga, e desenvolvem um “dossel” aberto. [8] A produção de frutos é relativamente compacta e consistente.

O fruto é relativamente grande, alguns atingindo até vários quilos de peso. Eles são de forma ovóide, com um ápice arredondado e ausencia de bico. A cor da pele é geralmente verde com algum rubor vermelho claro. A polpa é “fiberless”, picante e doce, com uma semente monoembriônica. O fruto geralmente tem boa resistência a doenças, e, normalmente, amadurece a partir de Agosto até Setembro, na Flórida, [9] , muitas vezes em Outubro, bem como, tornando-se assim numa das variedades mais procuradas em final de temporada.

Ela vai florescer a partir do 2º ano após a enxertia, excepcionalmente do 1º, contudo tenha em atenção que deve remover a inflorescência durante os dois primeiros anos, fazendo um corte de tesoura a cerca de 5 cm do inicio da bráctea, para permitir um crescimento vegetativo mais forte antes da frutificação. Não parta a bráctea pela zona de fractura pois essa técnica, frequente e indevidamente usada,  fragiliza a planta, uma vez que causa uma ferida de difícil cicatrização.

we’re developing efforts to proceed, in the shortest amount of time to presentation of this website also in English and French. It is a time consuming job, whose articles are being presented, gradually. We regret this inconvenience
 
nous développons des efforts de procéder, dans le plus court laps de temps à la présentation de ce Website aussi en Anglais et en Français. C’est un travail fastidieux, dont les articles sont présentés progressivement. Nous regrettons cet inconvénient
 

Os comentários estão fechados.