ipê-de-jardim

nome popular—ipê-de-jardim,
sinos amarelos,
amarelo ancião, ipê-amarelo-de-jardim, ipêzinho-de-jardim, bignônia-amarela, ipê-mirim, guarã-guarã, carobinha, amarelinho
espécie—Tecoma stans (L) Kunth. var. stans Tecoma
origem—Sul dos Estados Unidos, México
 
 
 we’re developing efforts to proceed, in the shortest amount of time to presentation of this website also in English and French. It is a time consuming job, whose articles are being presented, gradually. We regret this inconvenience
 
nous développons des efforts de procéder, dans le plus court laps de temps à la présentation de ce Website aussi en Anglais et en Français. C’est un travail fastidieux, dont les articles sont présentés progressivement. Nous regrettons cet inconvénient
 

—DISPONIVEL—

  —not for export—
fonte
foto:
texto: www.jardineiro.net/br
O ipê-de-jardim é uma arvoreta bastante ramificada, que pode alcançar 4 a 6 metros de altura. Ele apresenta folhas compostas por folíolos ovais-lanceolados, sub-sésseis e de bordas serrilhadas. As inflorescências são terminais ou axilares, com muitas flores tubulares, amarelas, muito parecidas com as do Ipê-amarelo (Tabebuia spp). A floração é maior nos meses mais quentes, mas pode perdurar durante o outono. Os frutos são cápsulas glabras deiscentes, compridas e contém muitas sementes aladas.
  No paisagismo é apropriada isolada ou em grupos, formando renques. No entanto sua utilização é controversa, pois apesar de ser muito ornamental é considerada uma perigosa planta invasora, capaz de inutilizar pastagens e prejudicar a regeneração de áreas degradadas. Isto se deve à sua grande capacidade de produzir sementes viáveis e ao seu rápido crescimento.
  O ipê-de-jardim é uma planta muito rústica, e deve ser cultivada à pleno sol, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, com regas nos períodos mais secos. Tolerante às geadas. Multiplica-se por sementes e por estaquia.

Os comentários estão fechados.