perinha-do-campo

nome popular-perinha-do-campo,
cabamixá
especie-eugenia klotzschiana
origem-Brasil
 
 
 we’re developing efforts to proceed, in the shortest amount of time to presentation of this website also in English and French. It is a time consuming job, whose articles are being presented, gradually. We regret this inconvenience
 
nous développons des efforts de procéder, dans le plus court laps de temps à la présentation de ce Website aussi en Anglais et en Français. C’est un travail fastidieux, dont les articles sont présentés progressivement. Nous regrettons cet inconvénient
 
—TEMPORARIAMENTE
INDISPONIVEL—
 —not for esport—
 
fonte
foto
texto: www.ecologicstation.com

Cabamixá, de origem tupi, guarani e Cabá significa erva que dá fruto e Mixá “comida que aperta a língua”, por causa da acidez do fruto.

Suia origem é afecta aos Campos e Cerrados de todo o Brasil, cerrados nos Estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Arbusto de 50 a 1,5 m de altura, com raiz do tipo xilopódio (que armazena nutrientes) com caules finos lenhosos e secos e folhas muito pubescentes (coberta de pelinhos) quando jovens, tornando-se glabras (sem pelos) e coriaceas (rijas) quando velhas. As flores tem 5 pétalas longas e brancas.

Há exemplos de plantações efectuadas em outubro de 2.001, que apenas floresceram em 2.006, não tendo ainda frutificado.

planta subtropical, resiste a geadas de até – 2 grau, pode ser cultivada em todo o Brasil, em qualquer altitude; adapta-se a qualquer tipo de solo, mais frutifica melhor em terras vermelhas e de rápida drenagem. Também pode ser cultivada em vasos com altura superior a 40 cm, contendo 20% de areia, 30% de terra vermelha e 50% de matéria orgânica ou húmus de minhoca.

As sementes são grandes, germinam em 30 a 60 dias, desse modo as plantas iniciam frutificação com 2 a 5 anos, dependendo muito da adubação orgânica que adianta a produção. Mudas crescem moderadamente, resistindo bem a solos secos e pedregosos, não resiste a solos encharcados.

Deve ser plantada a pleno sol num espaçamento 2×2 m. o solo pode ser acido pH em torno de 5,5. as covas podem ser profundas com 50 cm de fundura e 30 cm de largura e prenchidas com o mesmo substrato indicado para cultivo em vasos acima. Irrigar com 10 l de água por semana nos primeiros 2 meses.

Não é necessário fazer podas em função do pequeno porte. A capina se faz necessária pois o mato impede o desenvolvimento da planta, principalmente o capim branquearia que produz toxinas no solo e pode causar a morte da planta. Adubar com composto orgânico, pode ser 1 kg cama de frango + 08 gr de N-P-K 10-10-10 dobrando essa quantia a partir do 3ª ano.

Seus frutos são consumidos in-natura, na forma de sucos ou licor.

 

 

Os comentários estão fechados.