hortelã

 

nome popular – hortelã
nome científico – mentha spicata
origem – Ásia
+++++++++
+++TEMPORARIAMENTE
+INDISPONIVEL
+++++++++
fonte
foto:
texto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hortel%C3%A3-verde
A Hortelã-verde (Mentha spicata), também conhecida como hortelã-das-hortas, hortelã-comum, hortelã-das-cozinhas, hortelã-dos-temperos ou simplesmente hortelã, é uma planta herbácea perene, da família Lamiaceae (Labiadas), atingindo 30–100 cm. Existem inúmeras variedades cultivadas.

É uma planta originária da Ásia, mas há muito cultivada em todo o mundo, devido às essências aromáticas presentes em toda a planta, principalmente nas folhas. Tolera bem muitas condições climatéricas, desde que não falte água. Em climas frios pode perder as partes aéreas no Inverno, sobrevivendo através dos seus rizomas, que só morrem se o solo congelar completamente.

É utilizada como tempero em culinária, como aromatizante em certos produtos alimentares, ou para a extração do seu óleo essencial. Por vezes, simplesmente cultivada como planta ornamental.

É também utilizada como planta medicinal, estando inscrita nas farmacopeias de muitos países da Europa. De entre as inúmeras virtudes citadas, podem destacar-se: estimulante, estomacal, carminativo. Usado nas atonias digestivas, flatulências, dispepsias nervosas, empregado nas palpitações e tremoneres nervosos, vômitos, cólicas uterinas, útil nos catarros brônquicos facilitando a expectoração. O chá feito de hortelã é um ótimo calmante.

Em geral usa-se o óleo essencial ou uma infusão das folhas e sumidades floridas.

Tal como é típico dos óleos essenciais do género Mentha, M. spicata produz uma série de monoterpenos derivados do limoneno por oxidação. Nesta espécie predomina geralmente a carvona (em geral >60%). Mentona: 34-42% Mentofurano: 34-30% Pulegona: 14-22% Acetato de mentila: 3-7% Mentol: 5-8%

 

Os comentários estão fechados.